Terça-feira, 19 de setembro de 2017

Notícias

Professora é assassinada no estacionamento de escola em Campo do Brito
13/09/2017 às 09:23:18

da Redação

 

Um crime bárbaro e muito estranho chocou alunos e funcionários do Colégio Estadual Guilherme Campos, localizado no município de Campo do Brito, na noite dessa terça-feira (12). A professora e coordenadora da instituição, Ivânia Santana Souza Oliveira, de 45 anos, foi assassinada a tiros no estacionamento da escola.

 

Segundo a Polícia, dois homens armados e em uma moto preta, modelo Honda/ NXR Bros, efetuaram cinco disparos de arma de fogo contra a vítima. Sendo que três deles atingiram a cabeça da professora.

 

Em entrevista ao Jornal da Ilha, a diretora da escola contou como tudo aconteceu. “O vigia abriu o portão da escola no fim da aula, como faz todos os dias, e, quando o carro dela estava saindo do pátio, dois homens atiraram contra ela”, disse ela lembrando que a colega de profissão trabalhava na escola há mais de 10 anos.

 

Informações dão conta que a professora possuía várias folhas de cheque que somavam quase R$ 10 mil e que estavam no carro. Mas, de acordo com policias que estiveram no local após o crime, os assassinos levaram apenas o celular da vítima.

 

Reação estranha

 

Durante o Jornal da Ilha, o radialista Alex Carvalho entrevistou a sogra de Ivânia. Questionada sobre a ausência do filho, Douglas no IML, companheiro de Ivânia há 9 anos. Ela disse que o filho teria cochilado no carro no momento que o corpo foi recolhido e, por isso, não acompanhou.

 

Depois de algum tempo, Douglas chegou ao IML e concedeu entrevista ao Jornal da Ilha. “É muito difícil. Eu não sei o que dizer. Tínhamos uma convivência normal, de marido e mulher, sem filhos”, afirmou ele chorando bastante.

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informou que o caso será investigado pela delegada Michele Araújo dos Santos e as testemunhas do caso serão ouvidas a partir desta quarta-feira (13).