Sexta-feira, 28 de julho de 2017

Notícias

Após cinco meses, só agora Edvaldo começa a planejar gestão!
17/05/2017 às 01:53:51

No último final de semana a Prefeitura de Aracaju promoveu um seminário de Planejamento Estratégico da administração municipal, com as presenças ilustres do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), da vice-prefeita Eliane Aquino, de todos os secretários municipais e dirigentes de órgãos da administração. Para a opinião pública o evento tinha por finalidade “fazer com que os conceitos elaborados sejam regados por todos aqueles que integram a gestão, para que se alcance o resultado final: a reconstrução da qualidade de vida de Aracaju”. A ideia era passar para a sociedade que o Plano Estratégico é fruto do trabalho coletivo.

 

E este colunista concorda com o pensamento, como também reconhece a iniciativa da Prefeitura de Aracaju como louvável. Agora está claro que o evento também serviu para o prefeito “chamar o feito à ordem” e cobrar comprometimento de seus auxiliares. Frise aí que estamos caminhando para o final do quinto mês de gestão e só agora Edvaldo Nogueira e Eliane Aquino começaram a pensar no planejamento da gestão! Com todo respeito, pode-se dizer então que foram cinco meses perdidos até agora, ou não? O que foi feito? Se antes, era o período da transição, para entender a realidade da “máquina”, este “planejamento estratégico” não já deveria vim sendo traçado desde janeiro?

 

As críticas deste colunista à gestão do prefeito Edvaldo Nogueira não são grosseiras e, muito menos, raivosas, mas compreende-se que são necessárias, até para ajudar a administração a se encontrar, a definir uma direção a seguir. Depois de problemas crônicos na Saúde e na coleta do lixo, temos agora outra situação: a falta de moradia. O prédio da prefeitura está tomado por famílias carentes que mendigam o auxílio. Manifestações como essas tinham o apoio e amparo de Edvaldo e seus aliados políticos na gestão passada, quando o prefeito ainda era João Alves Filho (DEM). Hoje o “feitiço virou-se contra o feiticeiro” e o problema, pelo visto, segue sem solução...

 

A cobrança sobre Edvaldo e Eliane é válida também partindo do princípio que eles prometeram demais durante a campanha eleitoral do ano passado. Tinham experiência e competência para resolverem os problemas da cidade. Os fatos provam que, após cinco meses de “tapinhas nas costas” e “muita bajulação”, só agora querem planejar algo. O que se vê na prefeitura é muito “técnico” e pouca gente de “ação”! Qualidade de vida se conquista com trabalho, com planejamento, com eficiência nos gastos públicos, mas acima de tudo, com gestão! Estamos falando do futuro de mais de 640 mil pessoas. Este colunista vai continuar falando, cobrando, mas quem tem que fazer e mostrar a que veio são Edvaldo e Eliane. E a “fatura” dada pelo povo já está vencendo...

  

Veja essa!

E lembrar que em 2016 o ex-prefeito João Alves Filho foi criticado por seus adversários de que estava “privatizando” o Forró Caju, porque fechou uma parceria com a iniciativa privada para garantir a sua realização. Um ano depois, com Edvaldo na PMA, o cenário é ainda pior.

 

E essa!

O atual prefeito de Aracaju levanta uma forte suspeição sobre a não realização de um dos mais tradicionais festejos juninos do País, que desde o seu lançamento, jamais sofreu alguma interrupção. Sem dinheiro, Edvaldo e aliados falam em buscar a iniciativa privada. O mundo realmente é redondo...

 

Valadares Filho

“A capital vive uma gestão distante da modernidade administrativa e incapaz de promover parcerias que não onerem os cofres públicos. Infelizmente a falta de planejamento e criatividade em criar alternativas coloca em risco a realização do principal evento junino de Aracaju”, avalia, com lucidez e prudência, o deputado federal Valadares Filho (PSB).

 

Alô MPE!

Será que o Ministério Público Estadual sabe explicar o porquê da EMSURB ter acumulado o entulho da construção civil por quase cinco meses e só agora, quando a TORRE retornou, o serviço foi retomado? E, como perguntar não ofende, para onde está sendo destinado este entulho?

 

Bomba!

A informação é que o entulho recolhido pela EMSURB em Aracaju está sendo destinado para a Unidade de Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (RCD) da empresa TORRE, no povoado Tabocas, em Nossa Senhora do Socorro, sem contrato. Isso pode MPE? Isso procede PMA?

 

Avaliação

A questão do entulho é uma prova real de que não havia interesse e nem boa vontade da Prefeitura de Aracaju com a empresa CAVO e o Grupo ESTRE. A CAVO tinha contrato para a coleta do lixo e o transporte do entulho, mas a EMSURB o tempo inteiro deixou acumular, sujando a paisagem da cidade, alegando que não tinha onde colocar.

 

Exclusiva

Como o Tribunal de Contas estabeleceu um prazo até 30 de Junho para que seja feito o processo licitatório do lixo, este colunista reforça que a EMSURB está conduzindo o entulho recolhido na cidade sem um contrato de destinação final. É importante verificar a legalidade da prestação deste serviço sob o risco de futuros prejuízos ao erário público.

 

Alô Almeida I

É muito grave a denúncia do servidor público da Saúde de Sergipe, Thiago Reis, lotando no Hospital Regional de Propriá. Na tarde dessa terça-feira (16) ele externou que cirurgias eletivas estavam sendo canceladas por falta de campos cirúrgicos.

 

Alô Almeida II

“O Secretário Almeida Lima precisa resolver de uma vez por todas esse problema com o fornecimento de campos cirúrgicos para os hospitais regionais! Empresa responsável pelo fornecimento de campos cirúrgicos ao Hospital Regional de Propriá está promovendo desassistência da população”, denuncia o servidor através das redes sociais.

 

Começou bem, mas...

Almeida Lima chegou ao comando da Saúde cheio de prestígio e como a “redenção” da Pasta. Anunciou reduções em massa de comissionados e se comprometeu com melhorias. Indispôs-se com muita gente e começou bem. Mas agora, o que se vê é que a coisa desandou e está saindo do controle. Cada vez que se aproxima da eleição...

 

Volta por cima

Se tiver um político em Sergipe que deu a volta por cima este alguém é o deputado federal André Moura (PSC). Justiça seja feita, para quem por pouco não foi “exterminado” da política, o hoje líder do governo federal no Congresso Nacional é um dos mais influentes do Estado. O mundo é realmente redondo...

 

Era uma ameaça

Depois de ser prefeito de Pirambu por oito anos, com o legado dos pais Reinaldo e Lila Moura na política e a liderança que começou a construir no interior com muita habilidade e capacidade de articulação, André era visto como uma ameaça para outros grupos que vislumbravam dominar o Estado um dia. Cotado para ser candidato a governador já em 2018, este colunista agora entende o temor de seus adversários...

 

Paulo Hagenbeck

O prefeito de Laranjeiras, Paulo Hagenbeck (DEM), o “Paulão das Varzinhas”, participa em Brasília (DF) da XX Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios. Nessa terça-feira ele esteve reunido com o líder do governo no Congresso, deputado André Moura, para tratar de mais recursos e mais ajuda do governo federal para o município de Laranjeiras.

 

Marcha

Os prefeitos tucanos Fernandinho Franco (Muribeca), Otávio Sobral (Itaporanga), Everton Lima (S.M. do Aleixo), Marcell Souza (Campo do Brito) e Painho (Feira Nova) estão participando da 20ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. A Marcha dos Prefeitos ocorre anualmente e é promovida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

 

Emília Corrêa

A vereadora da capital, Emília Corrêa (PEN), esteve ao lado de membros da Comissão de Saúde, Direitos Humanos, Assistência Social e Defesa do Consumidor, da Câmara Municipal de Vereadores de Aracaju (CMA), visitando as instalações e o atendimento do Hospital Municipal Zona Norte Doutor Nestor Piva.

 

Morosidade

Na oportunidade, a Vereadora esteve nas instalações da Unidade, conheceu serviços oferecidos e observou o fluxo de atendimento dispensando a população aracajuana. “O hospital possui uma estrutura relativamente satisfatória, com equipe de profissionais qualificados, no entanto, existe certa morosidade no atendimento das pessoas, o que acaba gerando mais sofrimento para quem vai a unidade de saúde que precisando dos serviços", pontou.

 

Denúncia

O vereador Elber Batalha (PSB) condena a falta de transparência na Prefeitura de Aracaju em relação ao número de cargos comissionados. Segundo Elber, a PMA está burlando dados enviados para o Portal da Transparência, site que permite que o cidadão interessado em acompanhar como o governo emprega os recursos públicos possa obter tanto informações diárias quanto mensais sobre essas despesas. 

 

Elber Batallha I

O parlamentar mostrou no plenário da Câmara de Aracaju imagens e dados do Portal da Transparência. De acordo com informações do Portal, a Prefeitura divulgou que gastou R$ 2.886.000,00 em cargos comissionados no mês de fevereiro. Já no mês de março, este valor subiu para R$ 3.428.000,00. Elber disse que o Sepuma mandou os dados enviados pela Prefeitura ao Tribunal de Contas do Estado e, curiosamente, esse valor de fevereiro foi de R$ 4.354.000,00 e março R$ 4.781.000,00.

 

Elber Batalha II

“Eu quero saber uma coisa: onde é que está certo, nos documentos enviado ao TCE ou nos documentos expostos no Portal da Transparência? Isso é extremamente grave, isso violação da Lei de Acesso à Informação, isso é burlar o princípio constitucional da transparência da administração pública”.

 

Horas extras

O líder da oposição disse também que o prefeito Edvaldo Nogueira além de burlar o Portal da Transparência, ainda não paga as horas extras dos servidores municipais e nem concedeu o reajuste salarial previsto em lei no mês de abril. “No momento que o prefeito Edvaldo Nogueira descumpre a lei em não pagar as horas extras e o reajuste, ao mesmo tempo em que ele fala aos quatro cantos que não tem dinheiro, a folha de pagamento dos cargos comissionados da Prefeitura em abril beiram os R$ 5.000.000,00”. 

 

Menos comissionados

Elber também se lembrou do decreto do prefeito Edvaldo Nogueira que, no início do mandato, disse que trabalharia com a metade dos cargos do governo de João Alves. “Isso é muito grave e estamos enviando toda documentação ao Ministério Público com as informações do Portal da Transparência e todos os documentos oficiais da prefeitura registram no Tribunal de Contas”. 

 

Bittencourt

O vereador Professor Bittencourt (PCdoB), líder do governo na CMA, destacou a retomada da operacionalização dos serviços de limpeza urbana em Aracaju, respeitando a medida cautelar acordada entre o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e a Prefeitura. “O processo de limpeza da cidade de Aracaju começa a se normalizar. As atividades iniciaram com uma força-tarefa no conjunto Lourival Batista”.

 

Promessa

“Nos próximos 20 dias, a previsão é recolher aproximadamente 60 mil toneladas de entulho e lixo. As empresas ganhadoras da licitação emergencial já estão atuando. A população de Aracaju precisa cada vez mais desse cuidado e da atenção para que a cidade retome à situação de excelência do recolhimento de lixo”, afirmou Bittencourt.

 

Edvaldo Nogueira

Presente no lançamento do programa de retirada de entulhos, o prefeito Edvaldo Nogueira destacou a coleta feita pela empresa Torre no conjunto Lourival Batista, onde recolheu mais de 180 toneladas de entulho. “Este é um momento de felicidade, tendo em vista que depois de um longo tempo sem a coleta, o serviço começa a ser normalizado. Escolhemos lançar o programa no conjunto Lourival Batista, pois o entulho estava sendo depositado indevidamente ao lado do canal, o que colocava em risco a área, caso ocorressem chuvas”, explicou o prefeito.

 

Reforma 

O senador Eduardo Amorim (PSDB) esteve reunido na tarde dessa terça-feira (16), com o presidente da República, Michel Temer, e todos os senadores da bancada tucana. O encontro teve como objetivo discutir a reforma trabalhista. Temer quer garantir uma votação tranquila no Senado e foi pedir que todos os senadores do PSDB votem a favor da reforma.

 

Eduardo Amorim I

Durante a entrega do Conjunto Habitacional Agripino Bernardo dos Santos em Tobias Barreto, no último sábado (13), o senador Eduardo Amorim parabenizou a construtora JFilhos e ao dono da construtora, Evislan Souza, pela eficiência e esforço para a realização da obra. "Eu que nasci numa casa alugada e que até a minha adolescência vivi numa casa alugada sei o que isso representa. É a chegada da dignidade para todas essas famílias. Isso é muito bom e coincidindo com o Dia das Mães”.

 

Eduardo Amorim II

“Mãe é família, mãe é origem de vida e a casa simboliza tudo isso. A dignidade chegou para mais de mil famílias aqui de Tobias Barreto. Parabéns e que saibam usufruir tudo isso e que saibam transformar essa casa num espírito de união que a família traz e representa para todos nós.  Alguém tinha que construir. Espero que tenha construído dignamente para todas essas famílias. Parabéns a todos os que construíram, não só ao dono da construtora, mas a todos os operários também", destacou o senador.

 

Com o ministro

Eduardo Amorim esteve em audiência com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, para pleitear mais amplitude nos programas de habitação no estado de Sergipe. O parlamentar esteve acompanhado dos prefeitos de Campo do Brito, Marcell Souza, de Itaporanga D´Ajuda, Otávio Sobral, de Propriá, Iokanaan Santana e de Siriri, Zé de Rosa. “Além de habitação pleiteamos recursos nas áreas de saneamento, mobilidade urbana e desenvolvimento para os municípios sergipanos”, disse o senador.

 

Bruno Araújo

Segundo o ministro das Cidades, o governo do presidente Michel Temer tem dado especial atenção à retomada das contratações de unidades habitacionais na Faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), que atende famílias de baixa renda. As novas contratações já foram retomadas no início deste ano. “Para 2017, a meta é contratar 170 mil unidades na Faixa 1 para atender mais famílias carentes em todo o país”, disse Bruno Araújo.

 

Déficit habitacional

Para o senador, a novidade é que municípios com menos de 50 mil habitantes passam a ser atendidos por esta modalidade a partir deste ano também. “Temos um déficit habitacional em nosso estado, vamos apresentar ao ministro as necessidades dos pequenos municípios para que mais famílias tenham acesso a casa própria”, explicou Eduardo.

 

Luciano Bispo

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), ainda consternado com o falecimento da empresária itabaianense, Maria Irami Almeida, estendeu suas condolências aos seus familiares. “Estou muito triste e contrariado com esse falecimento de (Maria) Irami, uma pessoa que eu gostava muito e que cheguei a visitá-la, semana passada, no hospital São Lucas, aqui em Aracaju. Ela me abraçou e disse que gostava de mim como se fosse um filho. Eu a encontrei muito bem, tanto que ela teve alta, mas depois findou tendo uma recaída”, lamentou o deputado.

 

Empresária dedicada

Luciano Bispo enfatizou que a sociedade de Itabaiana uma grande empresária, geradora de emprego e renda. “Maria Irami era uma mulher caridosa, foi presidente da CDL de Itabaiana por vários anos e do DEM Mulher. Uma mulher muito dinâmica, ativa, trabalhadores e dedicada a tudo o que fazia”.

 

Solidariedade

Em seguida, Luciano Bispo enfatizou que a empresária se preparava para inaugurar uma grande loja no shopping de Itabaiana. “Ela me disse que seria uma das melhores lojas do País. Infelizmente veio a falecer, era muito minha amiga e morava em frente a minha residência. Estou muito chateado com tudo isso e presto minha solidariedade aos familiares”.

 

Itabaiana

O prefeito Valmir de Francisquinho (PR) confirma pagamento dos salários referentes a maio para todos os professores no dia 22. Demais servidores recebem no dia 30, confirmando uma regularidade que vem desde o primeiro mês da sua administração. O prefeito exalta que “colocou a Casa em ordem, transformando a cidade em um canteiro de obras, regularizando a questão salarial, adotando o Piso Nacional do Magistério e devolvendo a autoestima do povo, aplicando o dinheiro público com honestidade".

 

Capela

O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite, foi surpreendido com a decisão da juíza do município, Andréa Caldas de Souza Lisa, que determinava o bloqueio de seus bens para assegurar o ressarcimento aos cofres públicos, em caso de condenação, do valor de R$ 1.048.000,00. De imediato, o ex-prefeito acionou sua assessoria jurídica, no sentido de assegurar os procedimentos jurídicos necessários para tentar reverter os efeitos daquela decisão.

 

Ezequiel Leite I

A medida é fruto de uma Ação Civil Pública, movida pelo Ministério Público Estadual, para apurar a realização de inexigibilidade de licitação na contratação de empresa responsável pela apresentação de bandas musicais durante os festejos do tradicional São Pedro de Capela, em 2013.

 

Ezequiel Leite II

Como não se trata de uma condenação, Ezequiel Leite se mantem tranquilo e disposto a prestar todos os esclarecimentos necessários ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. Porém, já antecipa que apenas realizou o mesmo procedimento de contratação de artistas que é feito por várias prefeituras sergipanas.

 

Dentro da lei

“É sabido por todos que em Sergipe todo mundo se conhece. Nós estamos tranquilos porque temos consciência de tudo o que fizemos em Capela e sem a necessidade de qualquer questionamento. Respeitamos a posição do MPE e vamos provar que não violamos nenhum dos princípios da administração pública”, explica Ezequiel Leite.

 

OAB

Durante o V Congresso Estanciano de Direito, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe, Henri Clay Andrade, asseverou que a insistência histórica e infrutífera do poder público na aplicação da política punitivista e de segregação no sistema penitenciário e na segurança pública é uma das principais causas da atual e velada guerra civil.

 

Henri Clay

Segundo o presidente, é necessário superar a concepção ultrapassada e falida de uma política de guerra e implantar políticas públicas efetivas de inclusão social. “Estamos diante de uma guerra civil velada e é preciso mudar efetivamente a política de segurança pública, que está notoriamente falida. Os problemas da segurança não se solucionam apenas com a polícia”.

 

Ações

Em seu discurso, Henri Clay defendeu que é imperioso haver um projeto de governo em que sejam integradas as ações da educação, da segurança pública, da saúde, da cultura, do esporte e da assistência social. “É preciso resgatar a paz e a harmonia entre as famílias e a referência da comunidade na escola. Ela tem que ser um ambiente cultural de debate e de interação”.

 

Palestra

Com sala de aula lotada e todas as vagas preenchidas, foi realizada uma palestra com o gerente da Unidade Móvel do Senac, Edivaldo Fontes, e toda equipe técnica da Secretaria Municipal  do Turismo de Laranjeiras. A palestra foi para apresentar aos alunos inscritos como será o funcionamento dos cursos  de capacitações  em Informações  e Roteiros Turísticos, que começam  em julho e serão ministrados na Oficina Escola do município.

 

Secretário

Presente, o secretário municipal do Turismo, Jorge Ferreira de Barros, saudou os alunos presentes nestes primeiros cursos de capacitação, destacando a oportunidade de conhecimento que cada um pode ter. "Aproveitem esta oportunidade e sejam divulgadores de nossas riquezas turísticas. A nossa cidade precisa de pessoas capacitadas". O curso é fruto de uma parceria entre a Prefeitura, o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur/SE) e o Senac/SE. Foram ofertadas 50 vagas com duração de dois meses, de aulas presenciais e gratuitas.

 

Valdélio Silva I

Dedicado ao esporte sergipano, Valdélio Silva celebra o sucesso que foi o FESTIVAL DE FUTSAL ESTUDANTIL, encerrado no último final de semana, no ginásio do SESI, do conjunto Augusto Franco. “Continuaremos trabalhando sempre com dedicação e compromisso, pelo desenvolvimento e fortalecimento do Futsal Estudantil. Não é atoa que trabalhamos nisso há muitos anos. Concluímos mais um grande evento esportivo com sucesso, compromisso e muita dedicação”.

 

Valdélio Silva II

Deportista e árbitro, Valdélio Silva enfatizou ainda que "mais um trabalho e mais um sonho realizado, a cada ação, uma conquista, uma vitória. Agradeço á todos que contribuíram, direta ou indiretamente, para o sucesso do nosso evento esportivo”, agradeceu. Nove escolas da rede particular de ensino participaram: Colégios Janelinha do Saber, Santa Fé, Lavoisier, Esplendor, San Rafael, CEA, Aprendiz, Jardins e Santos Dumont.

 

60 anos

Diretores da Superlux reuniram colaboradores para apresentar a nova marca e o selo de 60 anos da empresa, que é pioneira na área de comunicação visual e mídia exterior em Sergipe. Consolidada no mercado sergipano, a Superlux está sempre antenada como o que há de mais inovador.

 

Superlux

“O nosso objetivo é continuar gozando da confiança dos nossos antigos e novos clientes, oferecendo um serviço cada vez melhor”, disse a diretora administrativa da empresa, Glícia Amaral do Prado Torres, ressaltando que a Superlux sempre se pautou na confiança construída ao longo dos anos junto aos seus colaboradores, fornecedores e clientes. “Essa marca sempre foi a grande referência alicerçada pelo meu pai, José Sobral, e a mantemos até hoje”, completou.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com