Sexta-feira, 28 de julho de 2017

Habacuque Villacorte

O Brasil não precisa de mais crises, mas de oportunidades viáveis!
19/05/2017 às 11:19:06

Justamente no momento em que o Brasil começava a celebrar a retomada do crescimento, o fim da recessão, eis que vem à tona mais um escândalo de suposta corrupção, envolvendo grandes nomes da classe política, com destaque maior desta vez para o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o presidenciável Aécio Neves (PSDB). As consequências são incalculáveis, sobretudo para a nossa economia que vinha dando sinais efetivos de recuperação. Na avaliação deste colunista, o País já não precisa de novas crises, mas de alternativas viáveis de crescimento.

 

E este colunista não está “botando panos quentes” com a classe política. Quem cometeu ilícito, se cometeu, que responda por seus atos. Já passou o tempo no Brasil em que tudo terminava em “pizza” ou que a impunidade prevalecia. Alguém precisa ser responsabilizado por mais este “revés” na nossa economia, independente se é do PT, PSDB, PMDB ou qualquer outro. Agora a coluna lamenta muito este cenário, esta conjuntura que só prejudica a imagem do País, sobretudo no mercado internacional.

 

O grande temor deste momento em que o Brasil atravessa é a continuidade do crescimento do desemprego. Estimativas dão conta que já são 14 milhões de brasileiros e, sem perspectivas para o fim dessa crise que atinge vários setores, a preocupação é que mais pessoas saiam do mercado de trabalho nos próximos meses. É importante registrar que a inflação vinha sendo controlada no início de 2017, mas vivemos sob uma crise política que parece não ter fim. E os reflexos dela ficam mais evidente entre os mais pobres.

 

Que a Polícia continue fiscalizando, que o Poder Judiciário e o Ministério Público sigam exercendo suas funções e que a classe política entenda, de uma vez por todas, que estamos vivendo em um novo tempo. Onde, inclusive, o próprio eleitor está cada vez mais seletivo. A coluna não torce pela impunidade, mas também não faz coro pelo caos!

 

O exercício da democracia está associado ao cumprimento da Constituição Federal. E por mais questionada que ela seja, ela ainda é a nossa Carta Magna. Aprofundar a crise só alimenta o debate político. Para o trabalhador e para o empresariado essa discussão não leva a nada. Precisamos caminhar, independente da crise, sempre buscando alternativas viáveis para o nosso País...

 

Veja essa!

Vale o registro que na semana em que a “bomba” estoura em Brasília (DF) e o mundo se volta contra o presidente Michel Temer, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), parece ter superado as divergências com o deputado federal André Moura (PSC) e foi ao seu encontro em BSB em busca de recursos para a realização do Forró Caju 2017.

 

E essa!

Edvaldo do PCdoB, dos movimentos sociais que condenam o presidente Michel Temer, está buscando o apoio do líder do governo no Congresso Nacional para viabilizar a festa. Uma medida “maior” do prefeito, é verdade, mas que contrasta um pouco com o momento político em que vivemos. É aguardar o Forró Caju para ver a gratidão do prefeito...

 

Em silêncio

O governador Jackson Barreto (PMDB), amigo pessoal do presidente Michel Temer, ainda não se manifestou a respeito das denúncias que pairam sobre o presidente da República. JB nem o condenou e nem expressou apoio. Será que o chefe do Executivo também é defensor das “Diretas”?

 

Com Temer

Falando neles, na quarta (17), JB esteve em Brasília, buscando recursos para o Arraiá do Povo, na Orla da Atalaia, e participou de uma reunião com Michel Temer e os demais governadores do Nordeste para discutir questões do interesse dos estados e para o desenvolvimento da região e do País.

 

Clóvis Barbosa I

O presidente do Tribunal de Contas, que andava meio calado, voltou à mídia com tudo essa semana. Em entrevista em uma emissora de rádio disse que conselheiros e conselheiras usaram “assessores” para criar factoides do TCE junto à opinião pública. Para um presidente, que deveria conciliar e resolver os problemas, Clóvis dá demonstrações que quer apenas “pôr fogo em Roma”...

 

Clóvis Barbosa II

Como Sergipe é pequeno, todos sabem quem tem o perfil de movimentar “asseclas” para “plantar notícias” no Estado. E as “últimas” sobre o TCE provam que um conselheiro botou seu “time” para “operar”. Sobre Clóvis, este colunista segue com a mesma avaliação: trabalha, dia e noite, para impedir que Ulices Andrade assuma a presidência do tribunal em 2018.

 

Se exime

O interessante é que quando abordado pelos conselheiros e conselheiras sobre as denúncias que faz, Clóvis sempre desconversa, se coloca como “amigo” e não mantém a posição no embate direto. Pelo visto, adora atuar “por trás das cortinas”. Aí é bom demais...

 

Exclusiva!

Diversos servidores públicos do Estado, em especial os que residem no interior, estão insatisfeitos com o governador Jackson Barreto graças ao secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima. Funcionários que trabalham em um município por 20 anos, por exemplo, foram sumariamente transferidos para o hospital regional mais próximo.

 

Entenda

O servidor trabalha por vários anos em um município e já tem uma identidade com aquela cidade e os munícipes. Por determinação de Almeida Lima, esse funcionário está sendo transferido para um hospital em outra cidade, um tanto distante, e sem direito a questionamentos. Sem contar que o deslocamento é por conta do trabalhador. A turma está insatisfeita...

 

Falando nele

Já passou da hora do secretário ir à Assembleia Legislativa prestar contas do terceiro quadrimestre de 2016 e já do primeiro quadrimestre de 2017 da Saúde Estadual. Este colunista aguarda com ansiedade para comprovar e atestar a redução de cargos e, acima de tudo, de gastos com pessoal, na atual gestão.

 

Bomba!

Chega a informação que, por entender como “desnecessário”, o então presidente da Adema, Almeida Lima, teria encerrado as atividades do Departamento de Avaliação de Monitoramento Ambiental, ou seja, ele deu fim ao setor responsável por avaliar as condições de balneabilidade das praias sergipanas. O atual presidente está tentando recriar o setor. Uma questão de saúde pública, secretário...

 

Lixo

Preocupado com as fortes chuvas que atingem Aracaju, o vereador Palhaço Soneca (PPS) cobra dos órgãos municipais uma ação mais eficiente para recolhimento do lixo, retirada de entulhos e cascalhos, além da limpeza de canais na zona oeste da capital. "Sei que a cidade inteira sofre com este problema, mas a periferia sofre ainda mais”.

 

Palhaço Soneca

“Precisamos que a Prefeitura monte uma força-tarefa manhã, tarde e noite e até nos fins de semana. Ora, a novela do lixo já acabou! Torre e Cavo são as empresas responsáveis pela limpeza da capital, portanto, que comecem a trabalhar, sobretudo nos bairros mais pobres", destacou.

 

Valadares

Em audiência com o senador Antônio Carlos Valadares e com o deputado Valadares Filho, o ministro da Educação, Mendonça Filho, comprometeu-se com a liberação de R$ 5 milhões para conclusão do Centro de Fisioterapia e Fonoaudiologia de Simão Dias pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). “Além de atrair professores e estudantes de todo o Estado, a unidade vai, com certeza, gerar crescimento para o município”, salientou o senador Valadares. 

 

Estrutura moderna

Pauta permanente do senador Valadares, a parceria com a UFS vem rendendo frutos. Desta vez, o centro deverá constituir-se em uma estrutura moderna, que associe atendimento à capacitação de profissionais especializados nas áreas de Fisioterapia e Fonoaudiologia. A ideia é de que o Centro de Reabilitação se torne referência na região. 

 

Propriá

No encontro, o senador e o deputado trataram também da demanda do prefeito de Propriá, Iokanaan Santana, para a implantação da Universidade do Vale do São Francisco, com sede no município, mas com capacidade de atender estudantes de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco. 

 

Urbanização

Em outra audiência, com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, a pauta foi a construção de habitações populares para atender população de baixa renda, a pavimentação e a drenagem de ruas de vários municípios. Participaram da audiência com o ministro o senador Amorim, o deputado estadual, Luciano Pimentel, o prefeito de Propriá, e o prefeito de Siriri, Zé Rosa.

 

Fábio Mitidieri

“Pra se salvar, Temer decidiu sangrar o país. Pelo jeito, teremos outro processo de impeachment. Dois num mandato só? Vou dar consultoria já! Quem pensava que a Friboi iria derrubar o Lula, agora está sem acreditar. Quem vai cair é o Temer e o Aécio. impeachment já!”, pregou o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) em suas redes sociais.

 

Contradição

A coluna entende e respeita o posicionamento de Fábio Mitidieri, mas vê uma contradição: ele critica tanto o governo do presidente Michel Temer, mas aplaude a maior liderança de seu partido, Gilberto Kassab, que também tem inquéritos na Lava Jato, é ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do governo federal. Dois pesos e duas medidas...

 

Laranjeiras

A Prefeitura Municipal de Laranjeiras, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e em parceria com a Secretaria de Saúde e Bem-Estar Social, promoveu no Povoado Camaratuba, uma comemoração alusiva ao dia das mães. Foi uma tarde de alegria para todas as mães do povoado e, na ocasião, foram sorteados presentes e distribuídos brindes e lanches para todas que compareceram ao evento. “Agradeço a todas às mães que compareceram nesse grande evento de reconhecimento a essas mulheres que são essenciais em nossas vidas”, disse a secretária Martha Hagenbeck.

 

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

 

Habacuque Villacorte

Jornalista há mais de 15 anos no mercado sergipano, Habacuque Villacorte há quase 12 anos responde pela editoria de política do Jornal Correio de Sergipe, onde também é o responsável pela coluna Quórum, aos domingos, além de acumular vasta experiência com gestão pública e assessoria de comunicação. Começou sua trajetória no Jornal da Cidade e já fez análises políticas na Rádio Jornal AM e na TV Alese.