Carlos Ferreira

A corrupção venceu mais uma vez
19/04/2017 às 09:05:59

O povo de Sergipe está de luto. O governo estadual se rendeu aos corruptos e mudou a cúpula da Secretaria de Segurança. Mas o golpe final ainda não foi dado. Ele vem com a saída da delegada Danielle Garcia da direção do DEOTAP e, com certeza um final feliz para os ladrões do dinheiro público. Na verdade, não era para se esperar uma posição diferente de um governo que permite superfaturamento em contratos de prestação de serviços, aumenta seguidamente valores de obras e contrata apadrinhados políticos que vivem recebendo altos salários sem trabalhar. De quem faz uma licitação para gastar quase 19 milhões em propaganda e massacra o servidor com parcelamento e atraso de salários, sem qualquer explicação plausível. Quem está no comando do Poder Executivo tem dado demonstração de falta de compromisso com a sociedade, com mentiras, ironias e uma verborreia absurda quando se refere àqueles que se colocam contrários à sua pífia administração. Esse episódio da SSP envergonha a todos os sergipanos de boa índole. Citamos o propriaense Carlos Brito, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, sempre citado pela mídia nacional como um exemplo a ser seguido. Como ele deve estar agora? Como explicar que no seu Estado o governo colocou a corrupção no colo e a acalentou. Como explicar que o governo do seu Estado atendeu a pedido de políticos ladrões do dinheiro público e exonerou delegados competentes em meio a várias investigações que comprovam atos desavergonhados de politiqueiros que merecem estar na cadeia? Alguns vão lhe perguntar quem está no comando deste governo. Por certo Brito lembrará que o “comandante” já respondeu a centenas de processos pelos mais variados crimes contra o dinheiro público e que a corrupção não lhe é estranha. Ele não terá outra saída. Neste caso, alguns poderiam insistir com ele: “e como elegeram alguém assim”? Bem, neste caso, só resta uma explicação a ser dada. “Ele engana muito bem”. Bem, pelo menos essa seria a resposta mais... digamos, coerente. O secretário de Segurança, João Batista foi substituído por João Eloy e em lugar do Delegado Geral da PC, Alessandro Vieira, foi escalada Katarina Feitosa. Eles nada têm com o fato do governo ser íntimo da corrupção. Boa sorte a ele. Que Deus tenha misericórdia de nós.

 

ACERTAMOS DE NOVO

 

No Jornal da Ilha desta terça, 17, adiantamos as mudanças na SSP e todo esquema do Governo do Estado para tentar livrar a cara de políticos ladrões que estão envolvidos com falcatruas, as mais diversas, inclusive os nomes de João Eloy e Katarina Feitosa. Não aconteceu ainda, mas dissemos também que, quando a nova Delegada Geral da Polícia Civil tomar posse o primeiro ato é mudar o comando da DEOTAP. A partir daí o governador vai para a imprensa dizer que não tem nada com a saída de Danielle Garcia e bla bla bla. Vai tentar enganar o sergipano, jogando a responsabilidade para sua nova auxiliar, afirmando que deu carta branca a ela como fez com Alessandro. Vale uma fezinha aí? Esse, verdadeiramente, tem sido o governo da enganação, do trololó.

 

NOSSA ODEBRECHET

 

A Torre Empreendimento mostrou uma força muito grande em todo esse episódio que culminou com a mudança da cúpula da SSP. Quem sempre teve suas campanhas patrocinadas por ela, claro, não iria permitir que “simples delegados” a prejudicasse. A prisão do dono, empresário José Antônio Torres foi a gota d’água. Como eles foram capazes de prender um homem tão rico? Um santo homem? Os corruptos se perguntaram. Pela ousadia, vão pagar com a exoneração. E pagaram. E tem mais por ai.

 

PREFEITOS LADRÕES

 

Mas estão enganados aqueles que pensam que a queda da cúpula da SSP se deu apenas em virtude da operação Babel. Uma outra operação, a Ante desmonte, também tem lá sua parcela de culpa. Vários prefeitos que roubaram o dinheiro do povo também estavam na mira da Polícia e poderiam ser presos a qualquer momento. Algo inimaginável para um governo que se alimenta de politicagem 24 horas.

 

DEPUTADOS TAMBÉM

 

E tem mais corruptos. Alguns deputados envolvidos até o pescoço com desvio de verbas de subvenções da Assembleia Legislativa engrossaram o cordão dos corruptos que exigiram a exoneração de João Batista, Alessandro Vieira e Danielle Garcia. Foram atendidos em parte, até agora. Dois deles participaram do café da manhã em uma mansão localizada na Praia Sarney.

 

INVESTIGAÇÃO NA ASSEMBLEIA

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luciano Bispo (PMDB) nunca negou a ninguém que não concordava com o trabalho da delegada Danielle Garcia. A insatisfação piorou ainda mais quando ele tomou conhecimento de uma investigação no DEOTAP sobre o pagamento de diárias e gastos com propaganda. Chegou a sugeri a saída dela o seu amigo e aliado JB, mas naquele momento o Delegado Geral, Alessandro Vieira, disse ao governador que também entregaria o cargo. Agora, com a saída do próprio Alessandro, o caminho está livre para a exoneração da delegada. E ele, sorrindo à toa.

 

KD O POVO?

 

Engraçada a forma de protesto do povo brasileiro, em particular o sergipano. Vão para as ruas contra o aumento de 10 centavos em uma passagem de ônibus, mas se acovardam quando o governo abraça quem roubou milhões. Sim, porque nesse caso da Torre e a prefeitura de Aracaju, estamos falando em milhões tirados do bolso de cada contribuinte. Mas é como se não estivesse acontecendo nada.

 

O ÉTICO LUCIANO PIMENTEL

 

O deputado Luciano Pimentel (PSB) tem feito um mandato exemplar. Leva para a tribuna assuntos relevantes e de interesse público. É o caso da situação da Petrobrás no Estado de Sergipe e a atuação cada dia mais frágil, o que acaba provocando prejuízos enormes, incluindo o desemprego.

 

FALTAM MEDICAMENTOS

 

Nos postos de saúde de Nossa Senhora do Socorro estão faltando vários medicamentos. Populares reclamam que itens considerados básicos como Dipirona e Omeprazol, estão em falta há dois meses.

 

DESEMBARGADOR?

 

A coluna recebeu uma informação que, claro, carece de confirmação. Se confirmado é de cair o queixo. Um desembargador estaria entre aqueles que exigiram do governador Jackson Barreto a mudança na cúpula da SMTT. Por isso, disse a fonte, falta a Danielle Garcia. Misericórdia.

 

MENDONÇA

 

Mendonça Prado, afastado da presidência da Emsurb, por determinação judicial deve estar respirando aliviado. Ele não escondeu de ninguém sua

raiva da delegada Danielle Garcia e do delegado Alessandro vieira. Aliás, disse em alto e bom som que iria processar os dois. Ligações telefônicas feitas por ele para a empresa Torre são comprometedoras.

 

ADIOU A COLETIVA PORQUE

 

Tem realmente cheio de safadeza no ar. Ao mudar a cúpula da SSP, o governador do Estado determinou que os escolhidos não mantivessem a entrevista coletiva que estava marcada para a manhã desta quarta, 19, quando seria apresentado o relatório final da operação Babel.

 

ESFORÇO CONCENTRADO

 

Pelo menos até agora comandando o Deotap, a delegada Danielle Garcia entrou noite a dentro para concluir o relatório da operação Babel. Está prontinho. Se não usarem é porque não querem. Aliás, porque querem proteger os envolvidos nesta operação. Estamos de olho

 

PERGUNTAR NÃO OFENDE

 

Tem Ministério Público em Sergipe?

 

Carlos Ferreira

Jornalista e radialista, Carlos Ferreira, está radicado em Sergipe há 39 anos. Atuou nos principais órgãos de comunicação do Estado, há exemplo do Cinform,  TV Sergipe, rádios Liberdade AM, FM, Cultura, Atalaia, Capital do Agreste,  Jornal de Sergipe, e Jornal da Manhã, onde inclusive foi Editor Chefe. Exerceu  a função de Diretor de Jornalismo em várias oportunidades, foi diretor geral da FM Lagamar e assessor de imprensa da Câmara de  Vereadores de Aracaju. Atualmente, está como secretário de Comunicação de Itabaiana e comanda o Jornal da Ilha primeira edição das 06h às 09h.