Sábado, 21 de outubro de 2017

SERGIPE

Lagarto ganha ‘novo’ CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES
11/10/2017 às 10:24:12

Construído há exatamente 15 anos, o centro que controla doenças que podem ser transmitidas de animais para seres humanos, passou nos últimos quatro meses por uma ampla reforma para melhor atender à população.

 

Piso de alta resistência, pintura geral, revestimento, forro, revisão elétrica e hidráulica, entre outros serviços foram realizados no local.

 

Mesmo passando pela reforma, o centro continuou atendendo animais para adoção, como cães e gatos, que já estão vacinados, vermifugados e castrados.

 

O gerente do Centro de Zoonoses é Amilton Fontes e o seu quadro funcional possui um médico veterinário, um biólogo e 60 agentes de endemias e seus supervisores.

 

Entres os programas ofertados estão o de: Esquistossomose, Leishmaniose, raiva e castração. Neste ano foi adotado um consultório médico veterinário, adaptação para sala de vacina e laboratório. Possui também uma grande capacidade para receber animais que se encontram abandonados.

 

Sua reinauguração que aconteceu hoje, 10, contou também com a I MOSTRA DE PROGRAMAS OFERTADOS PELO CCZ, palestras e a entregue de materiais aos agentes de combate às endemias. Um dia de bastante aprendizado e conhecimento, com vários Stands apresentando os diversos programas de trabalho que são desenvolvidos pelo órgão.

 

O prefeito Valmir Monteiro, o secretário de Saúde Cleverton Oliveira, o gerente Amilton Fontes e o Técnico Entomologista Jorge Pinheiro fizeram uso da palavra e falaram da importância do Centro de Zoonoses para a população, sendo ele referência no nordeste como órgão de controle e combate às doenças, e ainda promove o acolhimento, a castração gratuita e a feira de doação de animais recolhidos nas ruas.

 

Os stands abordaram os seguintes temas:

 

• Doença de Chagas

• Esquistossomose

• Combate ao Aedes

• Maus Tratos de animais

• Abandono de animais

• Programa de Leishmaniose

• Leptospirose

• Programa de Raiva

• Vigilância Epidemiológica

• CEREST

• Participação especial de Stand da UFS

• Participação especial de Stand da UNIAGES

 

Já nas palestras, os temas ministrados foram:

 

- LEISHMANIOSE VISCERAL: UMA ABORDAGEM DA MEDICINA VETERINÁRIA;

- POSSE CONSCIENTE DE PET’S;

 - O PAPEL DO BIÓLOGO EM COMBATE A  ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA;

- ATUAÇÃO DO BIÓLOGO NO CCZ;

 - LEPTOSPIROSE: DIAGNÓSTICO E MANEJO CLÍNICO;

- TOXOPLASMOSE EM GESTANTES;

 - AEDES AEGYPTI: DESAFIOS E PERSPECTIVA NO CONTROLE;

- ENEM: A PROFISSÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO E DO BIÓLOGO;

 - LITERATURA DO TRATAMENTO DE ESQUISTOSSOMOSE.