Sexta-feira, 28 de julho de 2017

BRASIL

Padre é afastado após ser flagrado beijando criança
27/07/2017 às 23:30:22

Da redação

 

A nossa redação recebeu a informação de que um padre de município do Arceburgo, sul de Minas Gerais, teve que ser afastado de suas obrigações sob a acusação de estupro contra uma menina de 14 anos. A vitíma, que é coroinha da igreja, aparece em um vídeo sem a blusa sendo acariciada e beijada pelo religioso em uma cama.

 

A criança e a mãe foram ouvidas pela polícia nesta quinta-feira após o vídeo viralizar na web. Outras pessoas ligadas à igreja foram ouvidas. Segundo informações, o vídeo teria sido gravado em março deste ano pela própria vítima, que depois enviou a outro coroinha que acabou divulgando as imagens.

 

O padre não comentou o fato, mas segundo informações da polícia de Minas Gerais, ele alegou que passou um óleo na barriga da criança, que teria reclamado de cólicas. Temos a informação que o padre foi transferido para um retiro no interior de São Paulo.

 

Nota à imprensa da Diocese de Guaxupé

 

"Ciente da denúncia apresentada em Arceburgo (MG) contra o clérigo, Monsenhor Enoque Donizetti de Oliveira, a Diocese de Guaxupé, fundamentada e orientada pelo Código de Direito Canônico e pelo recente Magistério Pontifício, procedeu o afastamento imediato do referido sacerdote, com o intuito de averiguar os possíveis fatos e acontecimentos", esclarece a Diocese e continua "o objetivo desta medida cautelosa é contribuir para o bem estar da comunidade local e diocesana. Iluminada pela força da fé cristã, a Diocese de Guaxupé se compromete com os valores legítimos da Verdade e da Justiça".