Sábado, 21 de outubro de 2017

MUNDO

Homem de 64 anos mata mais de 50 em maior ataque armado da história dos Estado Unidos
02/10/2017 às 10:22:07

da Redação

 

Mais 50 pessoas morreram e pelo menos duzentas foram feridas em um tiroteio ocorrido em um show de música nas proximidades do casino Mandalay Bay, em Las Vegas. O ataque já é considerado o maior massacre com arma de fogo da história americana e as autoridades consideram que os números podem aumentar, segundo informações do The New York Times.

 

A polícia local matou um suspeito e acredita que não há outros agressores. Em uma coletiva de imprensa, o chefe de polícia de Nevada, Joseph Lombardo, declarou acreditar "que se trata de um lobo solitário". De acordo com ele, o autor do tiroteio era um residente local e atirou com uma pistola automática do 32º andar do cassino. O atirador foi identificado como Stephen Paddock, de 64 anos.

 

A polícia anunciou que procura agora a acompanhante do agressor, Marilou Danluy, de traços "asiáticos". Também tenta encontrar dois veículos relacionados ao atirador. Foram recebidas ainda informações de possíveis tiroteios nos hotéis New York e Tropicana New York, ambos no centro turístico da cidade. Pelo Twitter, o presidente Donald Trump prestou homenagem aos mortos no tiroteio e escreveu: “minhas mais calorosas condolências às vítimas e às famílias, Deus abençoe vocês”. 

 

 

Com informações da Agência do Rádio Mais