Quinta-feira, 21 de setembro de 2017

POL�TICA

Rapidinha: Doria vai disputar prévias com Alckmin
12/09/2017 às 19:12:08

da Redação, com informações de Brasília

 

O prefeito de São Paulo, João Doria, reconheceu hoje pela primeira vez a possibilidade de disputar eleições prévias contra o governador Geraldo Alckmin no PSDB. "Eu tenho, pessoalmente, muito constrangimento, porque gosto do governador Alckmin, é meu amigo e por quem mantenho profunda administração. Preferiria não, mas o tempo vai dizer, temos até dezembro, início de março, para formatar isso", disse o prefeito.

 

Outra notícia de destaque sobre a disputa tucana é a de que Alckmin cumprirá em Belo Horizonte na próxima segunda "agenda de candidato". Ele fará uma palestra na Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) e terá a visita ciceroneada pelo senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). Segundo reportagem do Estadão, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi convidado para o evento, mas não confirmou presença.

 

O deputado Carlos Marun (PMDB-MS) foi escolhido o relator da CPI Mista da JBS no Congresso. Ele é um dos parlamentares mais próximos do presidente Michel Temer. De acordo com reportagem do jornal O Globo, a base aliada do presidente buscará usar a comissão para neutralizar as denúncias contra o peemedebista. O senador Ataídes de Oliveira (PSDB-TO) será o presidente do colegiado.

 

O Palácio do Planalto reagiu de forma enérgica ao relatório da Polícia Federal que cita Temer como líder de um grupo criminoso. “Facínoras roubam do país a verdade” e “bandidos constroem versões 'por ouvir dizer' a lhes assegurar a impunidade ou alcançar um perdão, mesmo que parcial, por seus inúmeros crimes”, diz nota divulgada pela Presidência.